Tratamento das Lesões da Fibrocartilagem Triangular

A Fibrocartilagem Triangular, popularmente conhecida como “menisco do punho”, é uma estrutura fibrocartilaginosa presa aos ligamentos, que estabilizam a ulna no rádio e nos ossos do carpo.

Tem dupla função: uma estabilizadora dessas articulações e outra como absorção de impacto no lado ulnar do punho (lado do dedo mínimo). Sua forma e estrutura são análogas ao do menisco no joelho e são susceptíveis as frequentes lesões nos traumatismos do punho.

Sua anatomia, função e lesões foram melhores entendidas com o advento da ressonância magnética e da artroscopia do punho. O diagnóstico dessas lesões depende do exame clínico, que busca avaliar a dor em sua topografia junto com a instabilidade da articulação radio-ulnar distal, com complemento de ressonância magnética.

As lesões mais simples e menores podem ser tratadas conservadoramente com imobilização, fisioterapia e anti-inflamatórios. Já as lesões maiores, que podem estar associadas à instabilidade da articulação radio-ulnar distal, necessitam de cirurgia.

As cirurgias para o tratamento das lesões na Fibrocartilagem Triângular são em sua maioria artroscópicas, sendo possível por meio de vídeo cirurgia desbridar partes danificadas desta estrutura ou suturar as partes rompidas. Em casos mais graves pode ser necessária a realização de cirurgia aberta e técnicas mais complexas de reconstrução ligamentar.

Essas lesões estão muito associadas à prática esportiva com uso de raquetes ou tacos como, por exemplo, tênis, squash, beisebol e críquete.
Esse valor é muito maior nos pacientes portadores de variante ulnal positiva.  Porém, podem surgir a partir de qualquer trauma no punho como as originadas de quedas sobre a mão estendida ou fletida.

Compartilhe a informação.
Cotovelo e Mão Brasília
Cotovelo e Mão Brasília

No Comments

Escreva uma Mensagem ou Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *