Epitrocleíte ou cotovelo do tenista

A epitrocleíte também designada como epicondilite medial ou de cotovelo de golfista (o golfe é dos vários esportes que geralmente geram inflamação da epitróclea) ou ainda de epicondilite interna ou medial. Não é mais que uma tendinite a que se associa a dor na região interna do cotovelo. Dor essa que pode irradiar para o antebraço e para o punho. 

Anatomia

O epicôndilo medial do úmero é importante do ponto de vista anatômico, pois é o local de ancoragem do complexo tendíneo conectado à cabeça inicial de 5 dos 8 músculos do antebraço do antebraço.

Os músculos do antebraço anterior são um total de 8 ; estes 8 músculos estão dispostos em 3 profundidades diferentes:

  • Plano superficial, existem 4 músculos, sendo eles: o flexor ulnar do carpo, o palmar longo, o flexor radial do carpo e o pronador redondo;
  • No nível intermediário, há apenas um músculo: a flexão superficial dos dedos;
  • Plano mais profundo, existem 3 músculos: o flexor profundo dos dedos, o flexor longo do polegar e o pronador quadrado.

Para a compreensão deste artigo sobre epitrocleíte, apenas os músculos do antebraço anterior conectados ao epicôndilo medial do úmero, a saber: todos os músculos do plano superficial (flexor ulnar do carpo, palmar longo, flexor radial do carpo) são de interesse pronador redondo) e o único músculo do plano intermediário (flexor superficial dos dedos).

Sintomas

  • Dor localizada na região interna do cotovelo que agrava com atividade física e diminui com repouso. 
  • A dor pode estender-se ao longo da região interna do antebraço. 
  • Rigidez do cotovelo, sensação de adormecimento ou de formigueiro que pode irradiar até aos dedos.
  • A dor pode ser súbita ou mais gradual e agrava-se p.e com os movimentos de balanço com uma raquete ou um taco de golfe, o apertar uma bola ou a mão de alguém, rodar a maçaneta da porta, jardinagem, levantar pesos, apanhar algo com a palma da mão ou mesmo a simples flexão do pulso.

Fatores de risco de epitrocleíte?

Fatores favorecendo o aparecimento de epitrocleite:

  • Repetição, por mais de duas horas e com técnica inadequada, de movimentos em risco;
  • O uso, nas práticas esportivas de risco, de equipamentos inadequados;
  • A idade acima de 40 anos;
  • Obesidade;
  • Fumaça de cigarro.

A técnica de execução de um gesto potencialmente arriscado é muito importante: se correta, na verdade, envolve um menor estresse nos músculos anteriores do antebraço.

Tratamento da epitrocleíte

  1. Em 90% dos casos o tratamento médico e a fisioterapia são suficientes.
  2. O tratamento médico passa pelo uso de gelo, anti-inflamatórios, corticoides, uso de bandas, braçadeiras e cotoveleiras e repouso.
  3. Ortotripsia e infiltrações.
  4. O tratamento operatório da epitrocleíte é de exceção.

Saiba mais >

MUITO BOM! VOCÊ LEU TODO O CONTEÚDO. Ficou alguma dúvida? Deixe uma pergunta nos comentários abaixo, que será respondida.

Compartilhe a informação.
Cotovelo e Mão Brasília
Cotovelo e Mão Brasília

Atendimento especializado em cotovelo e mão em Brasília / DF, com fisioterapia, acupuntura, RPG e Pilates. Tratamento conservador com procedimentos como infiltração e bloqueio.

No Comments

Escreva uma Mensagem ou Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *